IPO: veja o que significa para o investidor

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

IPO é uma sigla utilizada para definir a oferta pública inicial (Initial Public Offering, em inglês) de uma empresa. Ou seja, esse termo representa a abertura de capital de um empreendimento, disponibilizando a compra e a venda de ações na Bolsa de Valores.

Isso quer dizer que é possível adquirir ações de empresas que podem ser grandes no mercado. Na maioria das vezes, quando se compra ativos de companhias em estágio de IPO, os custos são menores, e os ganhos são maiores. Afinal, se houver valorização, é possível vender com rentabilidade acima de 100%.

Porém, é importante lembrar que esse é um mercado de risco, por isso não há garantias de investir em IPO na Bolsa de Valores. Leia o conteúdo a seguir para entender mais sobre a abertura de capital de uma empresa e as vantagens para o investidor. 

Quais motivos levam uma empresa a abrir capital?

Entender o que é IPO é um passo importante para conhecer o mercado de ações, mas descobrir o motivo que leva as empresas a abrirem capital também é essencial. Isso porque o objetivo do negócio impacta diretamente a decisão de aplicar ou não o patrimônio. 

A seguir, listamos três dos principais pontos que motivam os empresários a abrirem o capital das empresas. Leia e veja o que considerar na hora de investir na oferta pública inicial.

Ter acesso ao capital

A emissão de ações é um dos meios que as companhias utilizam para conseguir acesso ao capital, seja para investir em processos ou desenvolver novos produtos, por exemplo. Existem outros meios de adquirir recursos, porém oferecer participação acionária tem vantagens.

No caso de um empréstimo, por exemplo, a companhia não fica atrelada à obrigação de pagar a dívida em uma data determinada. Por isso, abrir o capital torna-se uma ideia interessante.

Disponibilizar maior liquidez aos acionistas

Compreender o que significa IPO também envolve conhecer o estágio anterior, o pré-IPO, quando as empresas ainda não abriram o capital, mas recebem aportes de acionistas. Nesse contexto, a abertura torna-se interessante.

Isso porque, se o IPO for um sucesso e atrair a atenção de vários investidores, as ações tornam-se mais rentáveis, favorecendo o lucro dos acionistas ao venderem os ativos.

Ganhar reconhecimento no mercado

Se você não sabe o que é IPO na Bolsa de Valores, pode até parecer estranho falar que um dos motivos que levam à abertura de capital é o reconhecimento de marca, mas isso acontece porque esse é um mercado de destaque. Ou seja, quando uma companhia passa a estar listada na B3 (Bolsa de Valores Brasileira), ganha um certo reconhecimento.

Assim, quanto mais reconhecimento no mercado, maior será a visibilidade da marca na mídia, assim como as chances de ser alvo de investidores e analistas interessados em investir.

Afinal, vale a pena investir no IPO?

Em um estágio inicial, o IPO é considerado um investimento de risco, afinal não há muitas informações de desempenho, e pode ser que as ações caiam. Porém, essa é uma oportunidade de investir em ativos que podem ser muito rentáveis a longo prazo.

Inclusive, é comum que, depois do primeiro desempenho no mercado de ações, os ativos passem por uma grande valorização. Assim, mesmo que a curto prazo, torna-se um investimento interessante.

Afinal, vale ou não a pena entender como comprar IPO? Essa é uma resposta que tende a mudar de um investidor para outro, por isso, antes de tomar essa decisão, vale estudar o mercado e a empresa.

Como investir em IPO?

O primeiro passo para começar a investir em IPO é fazer o cadastro na corretora Nova Futura e escolher a ação em oferta pública inicial. Para isso, vale lembrar que essa é uma decisão que deve ser pautada em uma análise, considerando o seu planejamento financeiro e o histórico da companhia.

Depois, será preciso informar quantos ativos você está interessado em comprar, respeitando o bookbuilding — processo usado para definir um preço justo no IPO. É importante destacar que, uma vez que a oferta for realizada, não é possível desistir, já que é pago um percentual das ações na reserva.

Após a realização de todas as ofertas, o coordenador e os investidores verificam as demandas oferecidas para encontrar um preço justo para o papel no mercado primário. Essa será a quantia paga por quem já tinha reservado.