Café Econômico

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Lula quer bloquear seu dividendos da Petrobras

Salário Mínimo é a bola ou bomba da vez

Prometendo mais do que se pode cumprir, o salário mínimo se tornou um problema para o governo, tentar agradar os apoiadores ao mesmo tempo que não tem espaço para manobras econômicas. A saída então, foi criar um grupo de trabalho composto por sindicalistas para discutir a política do salário-mínimo. Lula hoje participa de um evento com o Ministro do Trabalho, ex-sindicalista, para ouvir proposta de como recuperar o valor do salário mínimo. Segundo eles, o piso deveria ser R$1.342.

Haddad em Davos se esforça, mas ainda não convence

No berço do movimento capitalista global, Haddad tenta parecer austero, compromissado com as metas. Ao falar de aumento de salário, ele lembra o orçamento e a fila do INSS, dizendo que não dá para fazer aventuras e que já tiveram um ganho real (acima da inflação) em 2023 se seguir o orçamento.

Outro ponto, ele disse que irá sair ainda no primeiro semestre, a reforma tributária que não irá mexer no imposto de renda sobre lucro e dividendos, não pelo menos nesse primeiro momento.

O PT não quer, de jeito nenhum, que o pagamento de dividendos da Petrobras aconteça, porque?

Dede o dia 30 de Novembro, quando foi anunciada a vitória do Lula, o PT trabalha forte para que a Petrobras não pague seus dividendos. Com o histórico do partido, fazendo o maior escândalo de corrupção da história, não fica difícil de imaginar o porque o partido luta tanto para bloquear o pagamento de dividendos e deixar mais dinheiro no cofre da empresa.

Entraram com ação no TCU, ontem, em uma jogada onde o relator do processo no órgão, que vinha dando perda de causa para o partido, foi afastado por licença médica depois de acusações em movimentos democráticos pelo país. Em uma jogada rasteira e obscura, querem bloquear os dividendos hoje, que serão pagos amanhã.

Crise entre Lula e os Militares gera corte de comando

Lula diz que perdeu a confiança nos militares, e através do Diário Oficial da União, publicou a demissão de 56 praças e oficiais das Forças Armadas e da PM do Distrito Federal em mais uma demonstração onde a amizade política sobrepõe os interesses da nação e a competência.

Agenda internacional hoje está agitada com indicadores

Banco Central do Japão, resolve manter taxas de juros e o iene afundava nessa madrugada com risco a economia global.

Hoje teremos inflação ao Consumidor na Europa, o que deve trazer um pouco mais de clareza do que o Banco Central Europeu fará em março com os juros.

Nos EUA tem Inflação ao Produtor (PPI) vendas a varejo, ambos as 10:30h

Youtube: Acompanhe ao vivo nossa transmissão diária do Café econômico todos os dias as 08:20h da manhã no nosso canal do Youtube 

Spotify: Após a transmissão ao vivo, o café econômico também fica disponível em formato de Podcast no Spotify.