Semana agitada para o Ibovespa e espera de anúncio do FED sobre juros

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A semana passada foi no mínimo de muita agitação para o IBOV.

 Após o ministro Edson Fachin anular todas as condenações do ex-presidente Lula e torná-lo elegível novamente o crescimento do risco político trouxe a queda de 0,9% do IBOV, com fechamento nos 114.690 pontos.

A aprovação do pacote de estímulos de US$1,9 tri nos EUA e da PEC emergencial pela Câmara ao longo da semana o Ibovespa tornou a subir.

Os índices futuros americanos tiveram alta nas negociações de overnight, indicando perspectiva de ganhos nesta segunda-feira (15), e dando continuidade ao movimento da semana anterior, que levou os índices Dow e S&P 500 a altas recordes.

Entre amanhã (16) e quarta (17) o Comitê de Mercado Aberto do FED deverá se reunir. Analistas acreditam que haja alterações na previsão do PIB norte-americano, após o lançamento do pacote de estímulos feito por Biden.

Lembrando que depois das reuniões, o FED deverá anunciar sua decisão no que tange as taxas de juros e a expectativa para o futuro.

Infelizmente, a luta contra a pandemia ainda não acabou.

Ontem (14), Anthony Fauci, o principal conselheiro médico da Casa Branca advertiu líderes, uma vez que o aumento de casos na Europa tem se agravado.

Lothar Wieler, chefe do Instituto Robert Koch para Doenças Infecciosas (agência alemã de saúde pública), declarou que a terceira onda começou no país.

A Alemanha registrou 14.356 novos casos de Covid em 24 horas na quinta-feira (18).

Os planos do governo alemão são de vacinar 80% da população até o final de setembro.

Nesta semana haverá a decisão da política monetária pelo Copom, na qual espera-se o aumento da SELIC de 2,0% para 2,5%. Também teremos aqui no Brasil adivulgação do índice de atividade econômico medido pelo Banco Central (IBC-Br) referente a janeiro.

No exterior, ocorrerá a reunião do banco central americano, que deve manter os estímulos monetários e o foco será no tom da comunicação.

Não deixe de acompanhar o Café Econômico em nosso canal do YouTube para se manter atualizado durante a semana. De segunda a sexta às 8h20 da manhã.

Bons negócios e conte conosco nos investimentos!