Semana de resultados de referências no setor tecnológico

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Iniciamos a semana com o feriado municipal do aniversário de SP. Não haverão negociações na B3.

Insegurança sobre vacinas e os rumores fiscais no Brasil foram fatores que levaram o Ibovespa a ter seu fechamento nos 117.381 pontos na sexta-feira, com queda de 2,5%.

O dólar, por sua vez teve seu fechamento em R$ 5,47 com alta de 3,2%.

A semana será marcada por várias divulgações de resultados, inclusive de grandes empresas do setor de tecnologia nos EUA. O fato levou índices futuros americanos a operarem em alta ontem (24/01) e o Nasdaq, ter seu melhor aumento desde novembro de 4,19%.

Os investidores seguem atentos ao pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão que Joe Biden tem a pretensão de aprovar. Entre testes e vacinas contra a Covid, o plano inclui benefícios para desempregados, aumento de salário mínimo, auxílio a governos locais, dentre outros.

Visando conter a propagação do coronavírus, Biden irá restringir voos vindos da África do Sul, Reino Unido e Brasil, lugares onde surgiram novas modificações do vírus há pouco tempo.

Divulgações na Zona do Euro referente a confiança dos setores da indústria serão feitas hoje (25/01) e da economia geral do mês de janeiro.

Nesta semana os dados de inflação referentes a janeiro (IPCA-15 e IGP-M), do mercado de trabalho (taxa de desemprego nacional e criação de empregos formais), de fiscal, a ata do Copom e a nota de crédito do Banco Central para o mês de dezembro serão as principais divulgações.

Os índices de inflação (CPI e PPI) das principais economias, a decisão de política monetária dos EUA e a divulgação do PIB de 2020 de alguns países, como França e Espanha serão os destaques no exterior.

Não deixe de acompanhar o Café Econômico em nosso canal do YouTube para se manter atualizado durante a semana. De segunda a sexta às 8h20 da manhã.

Bons negócios e conte conosco nos investimentos!