Você que investe em renda fixa já sabe como a Selic pode influenciar seus investimentos?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

No dia 31 de julho deste ano ao assistir o telejornal você escutou que a Taxa Selic caiu. O que isso significa? Como essa notícia influi no seu bolso?

Definida pelo chamado Comitê de Política Monetária (COPOM), um órgão do Banco Central, a Taxa Selic é considerada a taxa básica de juros por ser utilizada em operações entre bancos, influenciando desta forma os juros de toda a nossa economia.

Basicamente sua utilidade é de movimentar o consumo. Com a elevação da taxa de juros, ocorre a diminuição de crédito e de poder de compra das famílias. Desta forma, havendo menos dinheiro circulando no mercado, a inflação tende a cair.

A decisão tomada pelo Governo Federal de reduzir a taxa de juros tem o intuito de aquecer a economia, tornando possível que as pessoas tenham maior acesso ao crédito e possam comprar mais.

Com aumento do consumo das famílias, as empresas precisarão ampliar sua produção para ter uma maior oferta de produtos, gerando mais empregos e assim nossa economia irá avançar.​​

Mas e para você que investe em renda fixa? O que muda?

Os investimentos de renda fixa baseiam se na Selic, oferecendo o rendimento com referência no valor da taxa básica de juros. Então, uma alteração na Selic pode torna-los mais ou menos atraentes.

Você que investe em CDB, LCI, LCA, Tesouro Direto e na poupança sentirá os impactos da redução dos juros, afinal, ela está diretamente ligada a seus investimentos.

No caso do Tesouro Direto, tem a Selic como base, com exceção dos títulos pré-fixados e IPCA. No caso de CDB, LCI e LCA, que são títulos com lastros bancários, imobiliários e de agronegócio, o rendimento ocorre conforme o CDI, que também acompanha a Taxa Selic.

Quando a Taxa Selic muda, o rendimento da renda fixa também sofre variação. O ideal é para fazer investimentos no Tesouro Direto e títulos atrelados à Selic é quando a taxa está elevada. Sendo a taxa maior, o rendimento é melhor.

Existem CDBs que oferecem o rendimento superior à 100% do CDI, em casos como este o impacto pode ser menor. Mas fique atento pois estes papéis geralmente não possuem muita liquidez, sendo preciso que investidor mantenha o valor aplicado até o vencimento determinado para conseguir resgatá-lo.

Agora que você entende melhor o que é a taxa Selic e como ela pode influenciar em seus investimentos, que tal aprender como alcançar maior rentabilidade?

​​Saiba mais em: hunterinvestimentos.com.br/educacional